Arquivo para plug-ins

Plug-ins opcionais do Photoshop

Posted in Photoshop with tags , , , , , , , , on janeiro 27, 2011 by Altair Hoppe

Tenho recebido muitos e-mails e dúvidas sobre filtros que sumiram do Photoshop, como Contact Sheet II (Página de Amostra II), Web Photo Gallery (Galeria de fotos na Web), e Extract (Extrair). Só para citar os principais. Essa remoção acontece no Photoshop CS4, mas até hoje surpreende os usuários. Apesar de no CS5 existir outras alternativas, nem sempre dentro do Photoshop, como no caso do Contact Sheet que foi parar no Bridge. É verdade que dentro do Bridge ele está bem escondidinho, mas está lá. Que a remoção foi estranha, isso foi. Geralmente, para não dizer, quase nunca, a Adobe remove filtros ou comandos. Mas enfim! Para instalar os plug-ins novamente é bem simples. Baixe o arquivo neste link: www.iphotoeditora.com.br/photoshop, descompacte-o e execute o instalador (este arquivo é para Windows). Pronto, todos os filtros estarão de volta ao seu Photoshop.

Altair Hoppe >> Plug-in do Photoshop para simular grão de filme

Posted in Photoshop, Tutoriais with tags , , , , , , , , , , , , , , , , on janeiro 28, 2010 by Altair Hoppe

Foto: Juliana Hoppe / Modelo: Carla Oliveira

Se existe um bom motivo para sentir saudades da fotografia analógica, com certeza, esse motivo é o tipo de grão formado pelos filmes. Apesar de cada vez mais raro, cada vez que vemos uma imagem granulada digitalizada ou impressa numa exposição ou revista, primeiro ficamos boquiabertos olhando cada detalhe da fotografia. Aqueles minúsculas grãos que formam a imagem nos prendem e tiram nosso fôlego. É uma linguagem que a fotografia digital deixou para trás. Inclusive, grande parte dos fotógrafos ficam arrepiados quando aparece o ruído digital nas suas imagens. Mas nem tudo está perdido, e não precisamos voltar a fotografar com filmes para incluir grãos realísticos nas fotografias digitais. Mas você pode estar se perguntando: para que ter imagens digitais com grãos? Simples: diversidade de linguagem fotográfica. Assim, podemos com variação de textura nas imagens, dar mais movimento e dinâmica em álbuns de casamento, books e ensaios. Imagine, um álbum inteiro com imagens lisas e coloridas! Não seria muito criativo, com risco de se tornar monótono. Então, a ideia é mesclar fotos coloridas com preto-e-branco, imagens lisas com imagens com grão. Essa mistura de linguagens dá movimento e equilíbrio ao trabalho entregue para noivos, modelos, agências e publicações. Nesta edição apresentar um plug-in fantástico para transformar suas imagens em verdadeiras obras de arte.

No Photoshop, há várias versões temos no menu Filter (Filtro) um comando chamado Add Noise (Adicionar Ruído), que teria o objetivo de simular os grãos nas imagens digitais. Contudo, se comparado aos grãos de filmes, esse filtro não gera um efeito com perfeição. É bom, mas não é excelente. E quando os filtros nativos do Photoshop não resolvem, precisamos recorrer aos plug-ins. Os plug-ins são programas com funções específicas desenvolvidos por outros fabricantes, e que podem ser instalados dentro Photoshop como se fossem filtros adicionais do programa. Há plug-ins para recorte de cabelos, suavização de pele, criação de efeitos diversos, e claro, simulação de grãos.

Um dos plug-ins mais precisos para geração de grãos é o Alien Skin Exposure. Ele reproduz grãos realísticos dos filmes, modelando o tamanho, a forma e os tons dos grãos de inúmeras marcas de filmes e modelos de filmes, como Ilford Delta 3200, Kodak TRI-X 400, Kodak T-MAX 3200 e muitos outros.  Depois de instalar o plug-in na pasta Filter (Filtros) do Photoshop, abra o programa, selecione uma imagem e vamos simular os grãos. Veja a figura 1. Uma imagem colorida de um ensaio sensual.

Para torna-la mais interessante vamos usar o Exposure para adicionar os grãos. Vá no menu Filter / Alien Skin Exposure 2. Veja que dentro deste menu temos a alternativa de trabalhar com filme colorido ou preto-e-branco (figura 2).

Neste exemplo, vamos selecionar Black and White Film. Ao abrir a caixa de diálogo, temos uma lista de filmes preto-e-branco de diferentes características: com grão, sem grão, com baixo contraste com grão, com baixo contraste sem grão, entre outros (figura 3).

Para este tutorial, selecionamos o B&W Films. Ao clicar neste menu, o Exposure abre uma lista de filmes Agfa, Fuji, Ilford e Kodak, de diferentes ISO e modelos. Coloque o zoom de visualização em 100% e escolha um dos filmes, com a granulação mais lhe agrada (figura 4). Desta forma, as características do filme são aplicadas a imagem.

Caso precise personalizar o tamanho do grão, contraste, intensidade de cada canal de cor, selecione os menus adicionais: Color, Tone, Focus, Grain e IR, ajustando os controles conforme sua vontade (figura 5).

Após alguns minutos você terá em sua tela uma imagem muito mais interessante, e que com certeza, irá surpreender seus clientes. Compare a figura 1 com a figura 6 e sinta as diferenças de textura e linguagem.

Mas atenção! Antes de aplicar esse efeito, remova com a ferramenta Clone Stamp ou Healing Brush todas as imperfeições, expressões ou elementos indesejáveis da imagem. Fazer essa tarefa depois da aplicação do Exposure pode comprometer a qualidade final da imagem. Após aplicar o efeito de conversão, como acabamento, podemos aplicar vinheta, refinar nitidez, sombras e realces.

* Publiquei também este artigo na edição deste mês ( janeiro/2010) da revista Fotografe Melhor, onde colabor como colunista.