Arquivo para retoque de pele

Participação no programa Encontro com Fátima Bernardes

Posted in Photoshop with tags , , , , , , on maio 22, 2014 by Altair Hoppe

Imagem

Em abril participei do programa Encontro, da Fátima Bernardes para mostrar e falar sobre beleza digital. Para quem não pode assistir, segue o link:https://www.youtube.com/watch?v=iPHachRZ1zM

Um espetáculo chamado Nu Photo Conference

Posted in Photoshop with tags , , , , , on setembro 29, 2011 by Altair Hoppe

Foto . Andre Arruda

O grande objetivo de qualquer profissional é buscar a felicidade dentro da sua atividade. E para isso, a inovação é um dos pilares fundamentais. Na semana passada, para ser exato, dias 19, 20 e 21 de setembro aconteceu no Teatro das Artes, em São Paulo, o Nu Photo Conference – primeiro congresso de fotografia especializado em nu e sensual. Mais de 500 fotógrafos e profissionais de imagem deram uma demonstração inesquecível de amor a fotografia, respeito a profissão e sobretudo valorização da arte. Veja as imagens do congresso em www.nuphotoconference.com.br/2011

Imagine modelos nuas no palco diante de uma multidão. O que você acha que aconteceria? Histeria? Homens enlouquecidos ao ver mulheres peladas? Assobios? Todo mundo querendo subir no palco? Nada disso. O que se viu no Nu Photo Conference foi o maior exemplo de civilidade e respeito que já presenciei num evento de fotografia. Inclusive, mais de 50% dos congressistas eram mulheres fotógrafas. E mais cinco foram palestrantes. Mas não teve ensaio sensual masculino? Teve. Então, agora o teatro esvaziou. Nada disso! O nível de informação, conhecimento e forma de conduzir o tema foi tão preciso que ninguém teve a coragem de perder a palestra.

E o Photoshop nessa história, como ficou? Como eu estava organizando o evento chamei um velho amigo, dos mais respeitáveis, quando o assunto é retoque de imagens: José Fujocka. Com uma simplicidade cativante, ele mostrou ao público suas técnicas para suavizar pele, aumentar seios, reduzir pneus e esculpir o corpo de fotos sensuais publicadas em revistas masculinas. Quem ainda não conhece o trabalho dele, não pode perder a chance de conhecer: www.fujocka.com.br

Por fim, o Nu Photo Conference foi uma celebração a criatividade e ousadia brasileira. Os norte-americanos podem ser os melhores “marqueteiros” do mundo, mas quando o assunto é criação, o Brasil “toca o terror”. Para evidenciar isso ainda mais faltam oportunidades, pois o talento já está dentro de cada um. O Nu Photo Conference, por exemplo, é o primeiro congresso de fotografia de nu e sensual do mundo. E isso é só um começo… em breve, vem mais por aí!

Altair Hoppe >> Ingleses proibem anúncio retocado no Photoshop

Posted in Photoshop, Revistas with tags , , , , , , , , , , on janeiro 8, 2010 by Altair Hoppe

Há duas semanas publiquei aqui um artigo sobre um projeto na França para inclusão dos créditos em fotos retocadas pelo Photoshop. Hoje, dei de cara no jornal O Globo, com mais um caso do gênero. Agora na Inglaterra houve a proibição de um anúncio com retoques generosos feitos pelo Photoshop. A peça publicitária trouxe uma foto da modelo Twiggy, de 60 anos, sem marcas de expressão, sugerindo que o produto que ela usa (um creme antirrugas), faz verdadeiros milagres no tratamento das rugas e das olheiras (olhe novamente acima a foto do anúncio e a original da modelo sem retoques – complicado, né?).

A suspensão se baseou no pedido de mais de 700 reclamações das consumidoras. Segundo a Advertising Standard Authority, que determinou a suspensão, o anúncio é “socialmente irresponsável” porque pode aumentar a percepção negativa que as mulheres têm do envelhecimento e da própria imagem. Além, de considerar a propaganda é enganosa, sugerindo soluções que o produto não faz. Em nota, a instituição afirmou: “Consideramos que os consumidores poderiam ter uma expectativa irreal em relação ao produto com base nestas imagens. As mulheres sabem que modelos são maquiadas e produzidas antes das fotos, mas não concordamos com imagens excessivamente tratadas em programas como o Photoshop.”

O fabricante do creme, a Procter&Gamble, respondeu dizendo que não achava que as imagens teriam tanto impacto, principalmente por se tratar de um produtos para mulheres mais velhas, geralmente mais bem-resolvidas com sua autoimagem. Além disso, a empresa lembrou que existe sempre “diferenças entre imagens feitas por paparazzi e as feitas por profissionais da indústria da beleza”. A P&G admitiu que os olhos de Twiggy foram “levemente” retocados no computador. Leia a matéria na íntegra no link: www.oglobo.com

O bicho vai pegar ainda mais quando essa discussão chegar nos retoques feitos em revistas femininas, que usam e abusam da remoção de marcas de expressão, textura de pele e formas do rosto e do corpo. Já pensou um ensaio inteiro da Playboy sem fotos retocadas?